TRF-4 nega pedido de Lula para anular delação sobre sítio de Atibaia

Por unanimidade, a 8ª Turma do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) negou o pedido da defesa do ex-presidente Lula, para que o depoimento dos delatores da Odebrecht, sobre o sítio de Atibaia, fosse anulado.

A defesa do petista se baseou em uma planilha da empresa que, supostamente, mostrava que os 77 delatores recebem salário.

Os advogados defendiam a tese que os salários passaram a ser pagos após os delatores adotarem a narrativa da Lava Jato.