Tecnologia inovadora de empresa israelense revoluciona imagens médicas com holografia ao vivo

A imagem médica para tomar decisões diagnósticas, orientar as intervenções médicas e decidir sobre os cursos de tratamento tem sido algo em que médicos em todo o mundo confiam há décadas. Mas agora uma empresa israelense, a RealView Imaging, traz uma nova dimensão às aplicações de imagens médicas com um sistema de holograma inovador para o corpo humano.

Fundada em 2008 por Aviad Kaufman, Shaul Gelman e o professor Carmel Rotschild, a RealView desenvolveu o Holoscope-i, o primeiro sistema holográfico médico do mundo que fornece hologramas espaciais 3D precisos de órgãos.

O sistema é projetado para permitir aos médicos, durante procedimentos intervencionistas, visualizar hologramas 3D hiper-realistas da anatomia real do paciente.

“Somos o único sistema no mundo projetado para fornecer realidade aumentada aos médicos apenas para casos de uso muito específicos …” disse Kaufman ao NoCamels. “É uma imagem muito precisa e realista ao tirar a anatomia do paciente de dentro do paciente e mostrá-la no ar.”

Em 2013, a RealView se uniu à multinacional holandesa Philips para demonstrar a viabilidade de usar sua visualização holográfica 3D ao vivo e sistema de interação para orientar procedimentos de doenças cardíacas estruturais minimamente invasivas.

A colaboração fez parte de um estudo clínico no Schneider Children’s Medical Center em Petach Tikva, onde os médicos puderam visualizar imagens holográficas 3D dinâmicas detalhadas do coração e manipular suas estruturas “literalmente tocando os volumes holográficos à sua frente”.

Um estudo de 2016 realizado pelo Dr. Bruckheimer e os fundadores do RealView demonstraram com sucesso a tecnologia pela primeira vez em imagens médicas clínicas.

Três anos depois, o Holoscope-i foi usado no primeiro procedimento médico ao vivo no Peter Munk Cardiac Centre (PMCC) do Toronto General Hospital, no Canadá, onde cardiologistas e cirurgiões cardíacos realizaram um procedimento de válvula mitral válvula-na-válvula, um procedimento de substituição minimamente invasivo de uma válvula cirúrgica gasta.

O presidente israelense Reuven Rivlin participou da inauguração em Toronto, e o PMCC observou que a nova tecnologia podeser usada para outros procedimentos cardíacos, como consertar válvulas com vazamento e fechar buracos no coração.

Kaufman diz que a holografia é o melhor método da ciência para reconstruir e exibir objetos 3D. Como os hologramas não são ilusões de ótica, mas sim realidades óticas, é muito difícil distinguir entre um holograma reconstruído de alta qualidade e o objeto original.

A tecnologia proprietária de Digital Light Shaping da RealView cria uma experiência hiper-realista única para visualização de imagens médicas, particularmente através do Holoscope-i, que fornece imagens 3D coloridas, de alta resolução, dinâmicas e interativas no espaço livre de todos os dados volumétricos 3D médicos.

Ela permite que os médicos visualizem o holograma 3D totalmente volumétrico para compreender intuitivamente a anatomia de cada órgão. Os médicos também podem girar, cortar, marcar e medir os hologramas para examinar a anatomia interna em escala.

Os hologramas são projetados a partir de sistemas montados acima do médico, permitindo que eles entendam melhor a complexa anatomia espacial do paciente e os processos fisiológicos dinâmicos para um tratamento e resultados mais eficazes.

O RealView já possui 21 patentes registradas e outras 14 pendentes. A tecnologia já foi demonstrada em feiras internacionais e Kaufman espera ter vários ensaios clínicos nos Estados Unidos dentro de um ano.