O governador Rui Costa (PT) decretou a abertura de crédito suplementar no valor de R$ 38 milhões dos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social, com a totalidade do valor destinado à Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) para o custeio das despesas com o combate ao novo coronavírus.

A abertura de crédito suplementar nada mais é do que a realocação de verbas de uma área para a outra por parte de um governo. Ou seja, dentro do orçamento já estipulado para aquele exercício, é possível, diante da necessidade, que se retire peça crédito suplementar para cobrir as despesas extras de um setor.