Seap prorroga suspensão de visitas em presídios baianos; estratégia completa três meses 

A Secretaria de Administração Penitenciária publicou no Diário Oficial do Estado (DOE), deste sábado (13), a prorrogação da suspensão de visitas nos presídios da Bahia por mais 15 dias, a partir do dia 17 de junho, por conta da pandemia do coronavírus. Com isso, os detentos baianos completarão três meses, no próximo dia 19, sem ter contato com familiares e advogados. 

Além disso, atividades educacionais e presença de instituições religiosas também estão inclusas na lista de suspensões. De acordo com o texto, uma reunião entre a pasta e diversos órgãos como o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA) e a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) definiram a decisão.  

Até o momento, em Salvador, não há casos entre a população carcerária, no entanto, policiais penais já tiveram diagnóstico positivo.