‘Se dependesse de mim, retornávamos amanhã’, diz ministro da Educação sobre aulas presenciais

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, participou de audiência pública virtual promovida pelo Congresso Nacional nesta quinta-feira (17).

Ao ser questionado sobre o retorno das aulas presenciais, Ribeiro afirmou que as atividades voltariam rapidamente caso dependesse exclusivamente dele.

No entanto, segundo o ministro, a decisão sobre reabertura de escolas não é atribuição do MEC (Ministério da Educação), mas de Estados e Municípios.

“Se dependesse de mim, retornávamos amanhã, mas temos os riscos”, declarou.

O ministro disse ainda contar “com o retorno o mais breve possível” das aulas “para pegar esse fim de ano e deixar a criançada animada para o ano que vem”.

“Se alguém quer saber a opinião do ministro, é esta, considerando ainda as questões de segurança”, finalizou.