A não utilização de máscaras de proteção facial em locais públicos de Itabuna é considerado uma infração a partir desta sexta-feira (24). A Prefeitura publicou um decreto na tarde de ontem (23) que determina o uso obrigatório do equipamento de proteção pela população nas ruas, praças, feiras livres, locais e bens públicos.

Quem for pego desobedecendo a medida de prevenção ao coronavírus, terá de pagar uma multa no valor de R$ 102,68, que corresponde a uma UFM (Unidade Fiscal do Município). 

Confira a decisão na íntegra

Ainda de acordo com o texto, os estabelecimentos comerciais que foram autorizados a funcionar terão que fiscalizar e obrigar o uso de máscara em seus colaboradores e funcionários. O cliente também só poderá entrar no estabelecimento se tiver usando a máscara, bem como adentrar em ônibus, táxis e outros veículos de transporte. 

A fiscalização do uso da máscara será realizada pela Secretaria Municipal de Segurança Transporte e Trânsito (Sesttran), através de agentes de trânsito e da Guarda Civil Municipal, e pela Secretaria de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, através de fiscais.

Casos da doença 

De acordo com os último boletim epidemiológico, divulgado na noite desta quinta-feira (23), Itabuna está com 104 casos confirmados do Novo Coronavírus, 557, casos notificados, 296 descartados, 157 aguardando resultado, 198 em monitoramento, 7 em internamento hospitalar, 21 curados, 67 aguardando coleta, e óbitos.