João Doria emite nota oficial após prisão de secretário pela PF

Conforme noticiado pelo Conexão Política, o secretário de Transportes do governo de São Paulo, Alexandre Baldy, foi preso na manhã desta quinta-feira (6) durante a Operação Dardanários, um desdobramento da Lava Jato para apurar desvios na Saúde durante a pandemia da covid-19.

A determinação é do juiz Marcelo Bretas, titular da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.

Segundo a Polícia Federal (PF), foi identificado “conluio entre empresários e agentes públicos, que tinham por finalidade contratações dirigidas“.

Na medida de suas responsabilidades, os investigados da força-tarefa poderão responder pelos crimes de corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

DORIA SE PRONUNCIA

Após a prisão de Baldy, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), emitiu nota oficial.

Segundo ele, as acusações contra o secretário não têm relação com sua gestão.

“Os fatos que levaram as acusações contra Alexandre Baldy não têm relação com a atual gestão no Governo de São Paulo. Portanto, não há nenhuma implicação na sua atuação na Secretaria de Transportes Metropolitanos. Na condição de Governador de São Paulo, tenho convicção de que Baldy saberá esclarecer os acontecimentos e colaborar com a Justiça”, afirmou.