Gilmar Mendes derruba veto de Bolsonaro e uso de máscaras volta a ser obrigatório em presídios

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, derrubou nesta última  segunda (4) o veto feito pelo presidente Jair Bolsonaro à obrigatoriedade de uso de máscaras de proteção em presídios e unidades de cumprimento de medidas socioeducativas.

Gilmar atendeu um pedido dos partidos PDT, Rede e PT, que contestavam os vetos de Bolsonaro a uma lei aprovado pelo Congresso que determina a obrigatoriedade de uso de máscaras em locais públicos e privados acessíveis à população, de acordo com a Reuters.

Ainda segundo o portal, a liminar do ministro suspendeu apenas os vetos feitos pelo presidente fora do prazo determinado para sanção ou veto de medidas na lei aprovada. Os vetos feitos dentro do prazo foram mantidos.