Funcionários do Tribunal de Justiça do Rio são exonerados por irregularidades nos cargos

Três funcionários do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) foram exonerados. A medida ocorreu após uma investigação da Corregedoria da Corte constatar fraudes e irregularidades na atuação dos servidores.

A informação é da BandNewsFM.

João Edson da Silva Mourão foi demitido por desvio de valores de contas bancárias de idosos sob curatela da Justiça.

Já Cristina Ferreira Barsotti e Kathia Fonseca Saladich foram exoneradas por irregularidades na gestão de bens de imóveis.

As supostas fraudes aconteciam por meio da venda de imóveis com o uso de escrituras e procurações falsificadas, além de sonegação fiscal.