Um funcionário do Hospital Geral Ernesto Simões Filho, localizado em Salvador, morreu nesta sexta-feira (29) por complicações relacionadas ao coronavírus. A informação foi repassada ao BNews por colegas do rapaz.

De acordo com os denunciantes, maqueiros do hospital também estariam infectados, mas foram afastados para tratamento. “Aqui está um caos e tão querendo abafar! A gente é ser humano”, reclamou um dos funcionários da unidade.

Procurada para confirmar o falecimento do trabalhador, a Secretaria estadual da Saúde (Sesab) avisou que não fornece informações sobre nome e local de trabalho das vítimas fatais do coronavírus, apenas o sexo, a cidade e se a pessoa tinha doenças associadas.

Sobre a situação dos maqueiros infectados, a instituição se negou a informar se o caso é verdadeiro.