Estudo com vacina de Oxford é suspenso no Reino Unido após efeito adverso em paciente

A AstraZeneca, empresa responsável por desenvolver uma vacina contra a Covid-19 em parceria com a Universidade de Oxford, informou nesta terça-feira (8) que suspenderá os testes.

Por meio de uma nota, a AstraZeneca disse que reações adversas em um dos pacientes no Reino Unido forçaram a companhia a parar os testes em larga escala, na chamada fase 3.

No Brasil, os testes da companhia estão acontecendo em parceria com a Fiocruz.

“Esta é uma ação de rotina que deve acontecer sempre que houver uma doença potencialmente inexplicada em um dos ensaios, enquanto ela é investigada, garantindo a manutenção da integridade dos ensaios”, registrou a empresa em comunicado.

E finalizou dizendo:

“Em grandes ensaios, as doenças acontecerão por acaso, mas devem ser revisadas independentemente para verificar isso com cuidado.”