Crivella cancela projeto de reserva de espaço na praia por aplicativo

A prefeitura do Rio de Janeiro/RJ anunciou que voltou atrás na ideia de realizar agendamento por aplicativo para utilização de trechos das praias da capital fluminense.

Segundo o Executivo municipal, a ideia foi descartada após a repercussão negativa da população carioca e da opinião pública.

De acordo com o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos), o aplicativo tinha como objetivo beneficiar idosos e deficientes a encontrar lugares acessíveis na areia. A medida também combateria aglomeração, ajudando a coibir a disseminação do novo coronavírus.

O projeto piloto previa a demarcação de espaços na areia com fitas similares as usadas em quadras de vôlei de praia.

O superintendente de Educação e Projetos da Vigilância Sanitária Municial, Flávio Graça, chegou a afirmar que 30% dos quadrantes seriam exclusivos para o agendamento via app.