Contágio por coronavírus sobe na Alemanha com relaxamento de quarentena

A transmissão do novo coronavírus na Alemanha acelerou depois que algumas medidas da quarentena foram relaxadas, como a abertura de parte do comércio em abril. O Instituto Robert Koch para o Controle de Doenças divulgou neste domingo (10) que o número de pessoas para quem cada infectado transmite o vírus é agora de 1,1, ou seja, na média, cada 10 infectados transmitem a doença para 11 pessoas, das quais cada uma transmite para outras 11.

Ao anunciar na última quarta (6) mais medidas de relaxamento, entre elas a retomada gradual das aulas, a premiê da Alemanha, Angela Merkel, avisou que o governo acionaria um freio de emergência: distritos em que o contágio sair de controle terão que voltar à quarentena. Desde então, três deles excederam o limite de mais de 50 novas infecções por 10 mil pessoas nos últimos sete dias. segundo o RKI. 

O freio criado por Merkel revela uma preocupação comum aos 23 governos que já começaram a descongelar suas atividades: quanto mais encontros entre pessoas e mais proximidade entre elas, maior o risco de contágio.