Compromisso com a sustentabilidade é urgente para o Brasil, diz Mourão

Ao destacar que o conceito de desenvolvimento sustentável voltou à ordem do dia, readquirindo importância no planejamento de grandes investimentos financeiros em todo o mundo, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, falou sobre a necessidade de o Brasil apontar os equívocos das “narrativas” que colocam o país na condição de vilão.

Mourão participou de evento sobre desenvolvimento sustentável na Amazônia, realizado nesta quarta-feira (19) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

“O compromisso com a sustentabilidade é urgente para o Brasil, pois ele perpassa nosso comércio externo e interno. Grandes empresas, bancos, indústrias, fundos de investimentos… Todos estão raciocinando em cima do conceito de sustentabilidade, olhando onde colocar seus recursos. Temos que estar sintonizados com isso”, afirmou.

Mourão elencou alguns daqueles que considera os principais desafios para a preservação e o desenvolvimento da Amazônia, como a regularização fundiária e o combate aos crimes ambientais.

“E não é só contra o desmatamento e as queimadas, mas contra a biopirataria e a exploração ilegal de minério. Além disso, há o baixo desenvolvimento socioeconômico; um modelo extrativista predatório [que prioriza] a derrubada da floresta; o precário desenvolvimento tecnológico e a [falta de] conscientização ambiental, [o entendimento] de que desenvolver a Amazônia é desenvolver o país”, declarou.

Com informações, Agência Brasil.