O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) mandou o general Eduardo Pazuello, ministro da Saúde interino após Nelson Teich pedir exoneração, assinar o novo protocolo da pasta que libera o uso da cloroquina para todos os pacientes com covid-19, incluindo os com sintomas leves. As informações são do jornal Estado de S.Paulo.

De acordo com a publicação, o protocolo avalizado por Pazuello deverá ser baseado na resolução do Conselho Federal de Medicina (CFM). Em abril, a entidade liberou a aplicação de cloroquina em pacientes com sintomas leves, mas ressaltou que a decisão foi tomada “sem seguir a ciência”, apenas para encerrar a polarização em torno do medicamento.

Atualmente, os protocolos do Ministério da Saúde recomendam o medicamento para pacientes em ambiente hospitalar e em estado moderado ou grave.