Bia Kicis não é mais vice-líder do governo

O presidente Jair Bolsonaro retirou a deputada Bia Kicis (PSL-DF) da função de vice-líder do governo no Congresso Nacional.

Ela é umas das principais aliadas do presidente no Congresso.

Sem dar detalhes sobre a saída, a decisão foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União na noite dessa quarta-feira (22).

A decisão de Bolsonaro coincidiu com a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC 15/1), que torna permanente o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Bia Kicis e outros cinco deputados, sendo três do PSL, votaram contra a proposta de emenda à Constituição.

São eles: Filpe Barros (PSL-PR), Junio Amaral (PSL-MG), Chris Tonietto (PSL-RJ), dr. Zacharias Calil (DEM-GO), Paulo Martins (PSC-PR), Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PSL-RJ) e Marcio Labre (PSL-RJ).