Pessoas com idades de 30 a 39 anos são maioria no número de casos confirmados do novo coronavírus (covid-19) na Bahia. De acordo com dados divulgados pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), do total de diagnósticos registrados, 5.558 até este domingo (10), 1.411 são de pacientes dessa faixa etária, o que representa 25,39% do total de registros. A doença já matou mais de 200 pessoas no território baiano.

O relatório diário apresentado pela Sesab mostra ainda que 1089 diagnósticos são de pessoas com idades de 40 a 49 anos (19,59% dos casos). Os jovens de 20 a 29 somam 633 ocorrências confirmadas (11,39%). Já 601 casos são de pessoas da faixa etária de 50 a 59 anos (10,81%). Por outro lado, a menor incidência da doença foi detectada em bebês com idades inferiores a um ano (17 casos) e crianças de um a quatro anos (23). Veja tabela abaixo:

 

Apesar do baixo índice, a Bahia registrou a morte três bebês em decorrência da doença. Dois deles estavam internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal do Hospital Português, em Salvador. De acordo com a unidade hospitalar, dentre os 23 bebês que foram testados para a doença, três receberam o resultado positivo. Além dos dois nenéns que morreram, o outro infectado possui quadro estável. Vinte recém-nascidos testaram negativo para a doença. Já o terceiro estava internado no Hospital Prado Valadares, em Jequié, e o exame pós-óbito confirmou a causa da morte por covid-19.

SAIBA MAIS: Morre bebê diagnosticada com Covid-19 em maternidade do Hospital Português
Morre segundo bebê diagnosticado com Covid-19 em maternidade do Hospital Português

Segundo a Sesab, os casos confirmados ocorreram em 171 municípios do Estado, com maior proporção em Salvador (66,05%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Ipiaú (2.441,52), Uruçuca (2.095,62), Ilhéus (1.792,68), Itabuna (1.538,30) e Salvador (1.277,70).

LEIA TAMBÉM: Mulheres são maioria dos casos do novo coronavírus na Bahia

Mortes

Já em relação ao total de óbitos em decorrência da doença no estado, os idosos são maioria: mais de 80 anos (48 mortes); de 60 a 69 (46); de 70 a 79 (40). Ainda conforme a Sesab, 28 pessoas que tinham entre 50 e 59 anos morreram pelo novo coronavírus. Já 21 mortes foram de pacientes da faixa etária de 40 a 49 anos. Veja tabela abaixo:


 

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 888 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para Covid-19, 444 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 50%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 422 leitos exclusivos para o coronavírus, 229 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 54,3%. Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Exames

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) realizou 26.059 exames do tipo RT-PCR, que é o padrão ouro para identificar o genoma viral do coronavírus, no período de 1° de março a 10 de maio de 2020. Atualmente, 3.407 amostras estão em análise laboratorial e os exames são liberados em até 48 horas.