Bahia Farm Show é adiada para 2021 e agronegócio espera encontrar cenário econômico diferente

A 16ª edição da Bahia Farm Show, que ocorreria no final de maio deste ano, será adiada para maio de 2021. A decisão foi anunciada pela organização da feira do agronegócio, realizado no oeste baiano e que movimenta quase R$ 2 bilhões em volume de negócios

“Após análise criteriosa do momento que o Brasil e o mundo atravessam, com um cenário pandêmico que ainda não dá sinais de recuo, a organização da Bahia Farm Show se reuniu com os agentes envolvidos na realização do evento, e, conforme vontade da maioria dos expositores, fornecedores, patrocinadores, palestrantes e público em geral, tomou a seguinte decisão: a realização da 16ª edição da feira acontecerá entre os dias 25 e 29 de maio de 2021”, anunciou o presidente do evento, Celestino Zanella.

A nova data teria sido um consenso, pois analisou o calendário de eventos agrícolas de todo o país, assim como a janela de intervalo entre eles, para que as empresas montadoras tenham tempo hábil de participar do maior número de feiras, já que este tipo de atividade funciona como vitrine para o agronegócio.

“O nosso posicionamento atende às diretrizes estabelecidas pelos órgãos de saúde dos governos municipal, estadual e federal, em relação à realização de eventos de grande porte, como é o caso da Bahia Farm Show, que reúne, em cinco dias, cerca de 70 mil pessoas, que visitam os estandes e participam da vasta programação de palestras, seminários, fóruns e demais atividades interativas”, acrescentou Zanella.

Ele destaca que a organização do evento está se preparando para oferecer um ambiente seguro a todos os envolvidos. “Temos certeza de que adotando todos os cuidados e, sobretudo, realizando o evento no tempo certo, atingiremos índices históricos de compra, venda e, principalmente, de relacionamento, que só se faz presencialmente, através da troca de olhar e do aperto de mão”, finalizou.