Augusto Heleno sobe o tom

O ministro Augusto Heleno, do GSI, disse não haver “comprovação científica” de que o aumento nas queimadas tenha a ver com negligência.

Ele subiu o tom sobre aqueles que tentam associar qualquer ação irregular no Norte do país ao presidente ou qualquer liderança do governo Federal.

“É importante ressaltar que o assunto é altamente polêmico. Não há comprovação científica de que o aumento de incêndio nas florestas primárias decorra de inação do governo federal. Na verdade, elas têm a ver com fenômenos naturais, cuja ação humana é incapaz de impedir”, declarou o ministro, por videoconferência, em audiência no STF.

Heleno afirmou que ainda que “as ONGs têm por trás potências estrangeiras para nos apresentarem ao mundo como vilões do desmatamento e do aquecimento do planeta. Pior, usam argumentos falsos, números fabricados e manipulados e acusações infundadas para prejudicar o Brasil. É preciso deixar claro que a Amazônia brasileira nos pertence, e nos foi legada grandiosa e cobiçada graças ao heroísmo e obstinação de nossos antepassados”.