Abertura de processo de impeachment contra governador de Santa Catarina é autorizada

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) aceitou abrir nesta quarta-feira (22) um processo de impeachment contra o governador Carlos Moisés (PSL) e a vice-governadora Daniela Reinehr (PSL) por suposto crime de responsabilidade.

O anúncio foi feito em plenário pelo presidente da Casa, deputado estadual Julio Garcia (PSD).

Garcia aceitou um dos cinco pedidos que tramitavam na Alesc, assinado pelo defensor público Ralf Zimmer Junior.

De acordo com a petição, o governador e a vice cometeram crime de responsabilidade na concessão de aumento salarial aos procuradores do Estado por ‘decisão administrativa’.

Julio Garcia seguiu o parecer favorável da Procuradoria da Alesc ao pedido. Outros três tiveram parecer contrário e o quinto segue em análise. Carlos Moisés tem 15 dias para se manifestar.